Fim do Projeto 701?

Os fiéis leitores do blog Projeto 701 devem ter ficado se perguntando onde estaria o post sobre o fim do Projeto 701? Foi publicado um post sobre o assunto no blog Forense Contemporâneo, com a lista dos 63 blogs jurídicos que participaram do projeto, além de um tópico especial sobre o futuro da blogosfera jurídica brasileira. Mas, aqui no blog do Projeto 701, nenhum post foi publicado sobre o fim do projeto. A razão disso: não sabemos ainda se o projeto acabou! Espero explicar isso juntamente com ótimas notícias em breve!

Anúncios
Categorias:Projeto 701

O que é um blog jurídico?

No post de hoje vamos ter noções sobre o que seja isso que tanta gente anda falando: o blog jurídico. Para isso, primeiro precisamos saber o que é um blog, e depois disso vamos descobrir o que qualifica um blog como sendo jurídico. Preparados? Então vamos lá. Leia mais…

Quase 3 meses do Projeto 701 e convite para uma tempestade cerebral

Depois de várias semanas sem postar nada neste blog, retorno à caixa de edição de post, após fazer algumas modificações no visual. Quando o mês de maio terminar, terão passado três meses desde o início do Projeto 701, ou seja, metade do prazo para atingirmos o objetivo de incentivar a criação de 701 blogs jurídicos no Brasil em 6 meses. Ainda faltam mais de três meses. O projeto continua.

Desde o início do projeto, foram criados pelo menos 38 novos blogs jurídicos no Brasil, os quais estão listados no verbete Projeto 701 (2009), na Forensepédia. Se por um lado, o ritmo de criação de blogs que participem do projeto indique que, no final dos seis meses, tenham sido criados menos de cem blogs jurídicos no Brasil, o número de blogs criados em menos de três meses é bastante alto.

Vejamos… Desde 2004, ano em que se poderia considerar que Alexandre Atheniense inaugurou a blogosfera jurídica brasileira, seria possível listar em torno de 100 blogs jurídicos no Brasil. Em menos de três meses, pelo menos 38 novos blogs jurídico foram criados, o que representaria uma média mensal em torno de sete vezes maior. Em outras palavras, enquanto foram criados cerca de 100 blogs de 2004 a 2008 (cinco anos), se o ritmo permanecer o mesmo obtido até agora no Projeto 701, serão criados cerca de 700 blogs jurídicos de 2009 a 2013.

Nota-se que o objetivo específico do projeto talvez não viria a ser atingido, ou seja, não se teriam no final de agosto de 2009 os 701 blogs jurídicos. Mas os resultados parciais do projeto já se mostram muito positivos.

O que se propõe nesses meados do prazo do projeto é que façamos uma tempestade cerebral de ideias relacionada a como poderiam ser incentivados os juristas (inclusive os estudantes de direito) a criar seus blogs jurídicos. Convido todos a comentar este post, no sentido de realizarmos essa tempestade cerebral.

25 novos blogs jurídicos em 39 dias

Hoje, quase 39 dias depois do início oficial do Projeto 701 (1° de março de 2009), temos na blogosfera jurídica 25 novos blogs! Isto significa que foi criando, em média, pelo menos um blog jurídico novo a cada dois dias! Esse resultado é simplesmente sensacional.

Na lista dos novos blogs, verificamos a presença de autores falando ou pretendendo falar sobre diversos assuntos interessantes relacionados ao direito. Vemos variedades de abordagens como a jurisprudencial, a internacional, a trabalhista e a tecnológica, além de outras.

Parabéns a todos que estão colaborando, especialmente aos que estão iniciando na bela tarefa de escrever na blogosfera jurídica brasileira!

E vamos avançando no incentivo à criação de mais ephemeridis!!

Ephemeris, s.f.: blog jurídico

Pensando bem, é meio constrangedor chegar perto de alguém e dizer “eu tenho um blog”. Não que eu não goste de blogs (pelo contrário, eu adoro). Mas, por exeperiência própria, dizer “blog” afasta algumas pessoas. Parece que estou com alguma coisa na garganta…. blog… Ou com alguma bactéria chamada… BLOG!

Quem entende de blogs nem pensa muito nisso. É que geralmente quem entende de blogs tem mais contato com gente que entende de blogs também. No meio forense a questão é um pouquinho diferente. Blog parece coisa muito distante, sem significado… coisa passageira… 

Ocorreu-me, então, que a palavra blog talvez prejudique a entrada de novos blogs jurídicos na blogosfera jurídica brasileira. Pode ser verdade. E, sendo assim, a tradição juridiquesa vai ter que entrar em cena mais uma vez: termos que dar um nome aos blogs jurídicos, pelo menos os brasileiros.

Eu os chamaria de ephemeris, que significa diário em latim. Então, quando você for convidar alguém para ler o seu blog jurídico, simplesmente diga: “acesse a minha ephemeris“.

E participe do Projeto 701 ephemeridis (blogs jurídicos, law blogs).

Alguma sugestão melhor?

Blogs jurídicos e ética profissional

Ocorre no twitter agora mesmo uma discussão sobre a ética nos blogs jurídicos (@mascencao, @advogadaonline, @TarsisValentim). Na verdade, ainda não há muito sobre se blogs jurídicos poderiam ser uma afronta à ética. A discussão principal é a respeito de que, no futuro, talvez a OAB resolva opinar sobre blogs jurídicos e os considerem anti-éticos.

Talvez os advogados tenham medo de criar seus blogs jurídicos, por achar que, no futuro, a OAB vai impor-lhes restrições. Esse medo deve ser deixado de lado.

Nosso post anterior foi sobre as razões pelas quais a OAB deveria adorar blogs jurídicos. Não só a OAB, mas todas as ordens de advogados (bar associations) do mundo todo deveriam apoiar os blogs jurídicos, por representarem crescimento profissional, transparência de conhecimento e até mesmo o aumento da responsabilidade social dos respectivos autores.

As Sensacionais Razões Pelas Quais a OAB Adoraria Apoiar o Projeto 701

O dia está agitado hoje. Estou procurando formas de solicitar à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) um apoio ao Projeto 701. Solicitei a um colega que é ligado à OAB Federal que transmitisse o meu pedido de apoio a algum responsável por lá, provavelmente  o Presidente da OAB. Mas, não bastou que eu justificasse o meu pedido… eu terei que criar um documento formal, possivelmente aqueles pedidos de “excelentíssimo senhor doutor”.

Tudo bem, posso até fazer isso. Mas, vou reproduzir aqui as razões pelas quais a OAB gostaria de apoiar o Projeto 701. Quem quiser pode transmitir essas razões para suas seccionais ou sub-seccionais.

Chega de dilação! Conheça agora…

… as Sensacionais Razões Pelas Quais a OAB Adoraria Apoiar o Projeto 701

Sabemos que dia após dia cresce a integração entre do direito e a tecnologia, especialmente no que tange à prática jurídica. Aos poucos, o Judiciário vai se informatizando e digitalizando, da mesma forma em que os advogados públicos e privados caminham em direção a uma vida profissional muito mais conectada.

Especialistas na área de gestão da advocacia alertam para o choque que poderá resultar da completa digitalização dos processos, quando então aqueles que não estiverem preparados para lidar com a prática jurídica em meio eletrônico perderão espaço para os que estiverem mais preparados.

A OAB sempre esteve empenhada na inclusão digital dos advogados, por exemplo incentivando a compra de computadores a preços mais baixos, mantendo comissões voltadas à tecnologia, desenvolvendo uma carteira profissional mais avançada tecnologicamente, mantendo seu próprio sistema de chaves públicas.

A manutenção de blogs por advogados é uma atividade muito difundida no exterior, especialmente nos Estados Unidos. Trata-se de uma ferramenta usada de forma integrada à vida profissional dos advogados, direcionada ao crescimento de sua carreira através da produção de textos sobre a profissão, da interação muito maior entre advogados e do relacionamento transparente com os clientes.

O Projeto 701 é voltado a incentivar essas qualidades. O objetivo do projeto é incentivar a criação de 701 blogs jurídicos no Brasil, no período de março a agosto de 2009 (seis meses). O ideal seria que todo advogado tivesse um blog jurídico. Assim teríamos dezenas de milhares de blogs jurídicos no Brasil e, certamente, veríamos uma multiplicação fenomenal da comunicação jurídica na internet, o que representaria não apenas o engrandecimento da carreira advocatícia no Brasil, mas também o fomento ao acesso ao conhecimento jurídico, à conscientização sobre direitos e, claro, ao acesso à Justiça.

Este tipo de projeto é de grande interesse da OAB, porque através dele, poderemos incentivar a transparência profissional e a consciência ética na advocacia e, consequentemente, evitar o aviltamento da profissão.

O apoio que peço à OAB quanto ao projeto é no sentido de um apoio oficial. A OAB dizendo que apoia o projeto, fazendo chegar o conhecimento sobre esse apoio a todos os advogados. Se a OAB apoiar expressamente o projeto, milhares de advogados se sentirão motivados a criar seus blogs jurídicos. E a OAB, mais uma vez, reafirmará o seu papel de incentivadora da presença da advocacia no mundo tecnológico.